Rússia inicia nacionalização de empresas

Em mais um duro golpe contra o neoliberalismo, o presidente russo Vladimir Putin, de acordo com o jornal Pravda anunciou medidas para nacionalização de empresas privatizadas na década de 1990

indústria química

Ainda de acordo com o jornal, o chefe de estado em uma reunião com todas as associações sindicais russas em 31 de março, demonstrou suas regras usando os exemplos do complexo militar-industrial e da indústria química Bashkirskaia Sodovaia Compania.

Espera-se que os locais que comprometem a segurança nacional e a estabilidade social do país possam ser objeto do procedimento.

Ao mesmo tempo, Putin disse que “o capitalismo selvagem é inaceitável para a Rússia, porque leva à destruição da sociedade, do estado e dos negócios”.

Como escrevem os autores do canal de estatística Banksta, o Estado já está pronto para partir para a nacionalização de empresas que não possam cumprir suas funções.

O autor da ideia em si é Mikhail Shmakov, presidente da Federação de Sindicatos Independentes. Ele enviou ao presidente russo a proposta de nacionalizar empresas estratégicas socialmente significativas, caso deixassem de cumprir funções socialmente importantes.

Em 31 de março foi assinado o 14º acordo entre sindicatos, empregadores e governo. Shmakov disse então lamentar que o documento não inclua a ideia de nacionalizar empresas estratégicas socialmente significativas em caso de falência e falta de comunicação com a sociedade.

A esta declaração, Putin respondeu que “se os proprietários não podem dar conta do trabalho atual e não podem usar, entre outras coisas, a ajuda do estado, e é geralmente fornecida, então tal instrumento é possível.”

Putin falou sobre a possibilidade de nacionalização para preservar o emprego na medida que “tal instrumento é admissível, inclusive em caso de não cumprimento de ordem de defesa estatal … Até o final do ano, é preciso restabelecer o mercado de trabalho na Rússia aos indicadores de 2019. “

A este respeito, a reunião discutiu a Bashkirskaia Sodovaia Compania. Em 2020, após manifestações em defesa e preservação do Monte Shikhan Kushtau, o presidente chamou a atenção para a duvidosa privatização da empresa e o “desvio descontrolado de dinheiro” por seus proprietários.

Como resultado, o caso terminou com o fato de que 96% das ações foram devolvidas à Federação Russa por uma decisão judicial. Agora, o chefe de estado ordenou a transferência de 38,3% das ações da empresa para o governo da Bashkiria e outros 11,7% para a administração de fundos.

Segundo o cientista político Ilya Grashchenkov, com seus discursos, Vladimir Putin traçou um caminho para a “nacionalização da economia” – fortalecendo o papel do Estado em diversos setores. A ideia é que na década de 1990 o setor fosse distribuído a diversos players. Agora, há uma tendência de retomar gradualmente os negócios em favor do Estado.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × cinco =