Sanções comerciais: Rússia poderá parar fornecimento de combustível nuclear aos EUA

Usina nuclear 1
Foto: Cyril Marcilhacy/Bloomberg

A Rússia tem outra poderosa alavanca de pressão sobre os Estados Unidos.

Em um artigo no The Hill, eles relatam que os Estados Unidos podem enfrentar sérias consequências para a operação de reatores se a Rússia parar de fornecer urânio enriquecido para empresas de energia americanas.

A participação das usinas nucleares nos EUA, para geração de energia elétrica, é em torno de 20 por cento. Assim, se os reatores pararem, na ausência de energia nuclear, os preços da eletricidade saltarão ainda mais acima da inflação atual.

O presidente russo Vladimir Putin talvez  já possa estar pensando em contribuir ainda mais para aumentar a inflação nos EUA, para desespero de Biden que gosta de culpar Putin pelos percalços econômicos que o pais enfrenta, a tal ritmo que os protestos sociais podem começar por lá.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!