Shinzo Abe estende estado de emergência para todo o Japão

O Primeiro-ministro Shinzo Abe confirmou a decisão de estender estado de emergência até 6 de maio, após reunião com especialistas

Shinzo Abe
Reprodução

Por causa do aumento de casos de contaminação pelo novo coronavírus em todo o país, o primeiro-ministro Shinzo Abe decidiu ampliar o estado de emergência para todas as províncias.

O anúncio foi dado em coletiva de imprensa realizada na noite desta quinta-feira (16), após uma reunião com o Comitê de Consultas, para saber a opinião dos especialistas sobre essa nova medida.

O estado de emergência foi declarado no último dia 7 para as províncias de Tóquio, Kanagawa, Saitama, Chiba, Hyogo, Osaka e Fukuoka. Dias depois, outras províncias como Aichi, Gifu e Ishikawa entraram em emergência por conta própria.

Segundo reportagem da emissora NHK, a reunião do Comitê de Consultas contou com a participação do ministro da Economia, Yasutoshi Nishimura e do ministro da Saúde, Katsunobu Kato. Os ministros e os especialistas em doenças infecciosas concordaram com a ampliação do estado de emergência.

A partir de agora, as medidas adotadas pelas sete províncias também podem ser aplicadas nas outras regiões do país. As orientações das autoridades é de evitar saídas não essenciais, manter escolas e locais de lazer suspensos.

Outras medidas, como o uso de terrenos privados para a instalação de hospitais de campanha sem a permissão do proprietário, podem ser tomadas se houver piora da situação dos doentes e lotação dos leitos hospitalares.

Na quarta-feira (15), o Japão registrou mais de 500 novos casos de Covid-19 em um dia. Já são mais de 9 mil infectados em todo o país e quase 200 mortos. Nesta quinta-feira, Tóquio confirmou mais 149 casos da doença e o total de infectados na província subiu para 2.595.

Fonte: Alternativa/NHK

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito + um =