STF decide privatização de empresas estatais

Para o secretário de Comunicação da CUT (Central Única dos Trabalhadores), o governo de Jair Bolsonaro, juntamente com o ministro da Economia, Paulo Guedes, quer “cortar e vender a Petrobras inteira sem pensar nos interesses do Brasil e dos brasileiros”.

fotos
Os trabalhadores afirmam que sua luta vai além da preservação do emprego no Brasil. | Foto: Reuters

Nesta semana, o Plenário do Supremo Tribunal Federal do Brasil  decidirá se as empresas estatais podem ser privatizadas sem autorização prévia do Congresso. “Não podemos admitir que os governos saia vendendo tudo, ignorando a Constituição”, disse um líder da organização dos trabalhadores.

A Federação dos Trabalhadores do Petróleo (FUP), a Federação Nacional dos Petroleiros (FNP) e a Confederação Única dos Trabalhadores (CUT) criaram um grupo de trabalho de sindicalistas e ativistas em defesa da Petrobras – Brasil, e todas as empresas público durante o julgamento de medidas cautelares em ações diretas de inconstitucionalidade . Essas ações tratam da autorização do Congresso Nacional para a venda de empresas estatais, nos casos que impliquem perda de controle acionário e venda sem licitação de ações.

Mais de 200 caminhões cisternas  estão em Brasilia e preveem dirigir a sede do Supremo Tribunal Federal onde a Corte irá decidir entre quarta-feira e quinta-feira, os mandatos conferidos pelos Ministros, Ricardo Lewandowski e Edson Fachin, que proíbe a venda de Estado sem a autorização do Congresso brasileiro.

No “Manifesto em defesa das empresas públicas e da Petrobras e suas subsidiárias”, que está coletando assinaturas contra a privatização de empresas, explicam-se os motivos da luta do sindicato dos trabalhadores.

Os trabalhadores afirmam que sua luta vai além da preservação do emprego no Brasil . “Estamos lutando contra a destruição de uma parte do Brasil, pelo futuro dos brasileiros e também pela transparência.” Não podemos admitir que  governo algum saia vendendo tudo, ignorando a Constituição Federal, como foi o caso do golpista e ilegítimo Michel Temer”, disse o líder.

Para Roni Barbosa, Secretário de Comunicação da CUT, o Governo de Jair Bolsonaro , juntamente com o ministro da Economia, Paulo Guedes, quer “vender a Petrobras inteira sem pensar nos interesses do Brasil e dos brasileiros”.

Em maio, o ministro Edson Fachin deu uma medida cautelar para suspender os efeitos das decisões judiciais que autorizaram a continuação do procedimento para a venda das ações da Transportadora Associado de Gás (TAG), subsidiária da Petrobras.

Related Posts
Como Eduardo Bolsonaro e comitiva articulam com parlamentares dos EUA punições ao Brasil
fotos

Comitiva bolsonarista passa uma semana nos EUA e tenta convencer republicanos e lobistas de que Brasil viveria ditadura

Brasil não cumpre decisões da Corte Interamericana sobre polícia e Forças Armadas
fotos

Tribunal internacional condenou novamente o país por crimes cometidos por policiais militares

Denunciado por incitação, bolsonarista agora se diz apoiador de Boulos e do PT
fotos

“Segunda-feira eu tô lá em Brasília levando o capacete para o presidente [Lula]”, diz em um vídeo no Instagram um [...]

Teologia do domínio é mais perigosa para democracia que bolsonarismo, diz historiador
fotos

Em meio ao avanço de investigações da Polícia Federal sobre as suspeitas de um plano de golpe de Estado por [...]

PEC dos militares na política: Mourão junta oposição para frear mudanças em candidaturas
fotos

Até terça-feira (20), o Palácio do Planalto contava com a volta das sessões no Congresso para fazer avançar a despolitização [...]

A coragem de Lula e o vira-latismo da mídia
fotos

A declaração do presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre a similaridade entre o extermínio do povo palestino que Israel [...]

Compartilhar:

Deixe um comentário

error: Content is protected !!