Trabalhador é violentamente agredido durante abordagem policial em Santa Catarina

Um homem foi violentamente agredido por policiais militares no momento em que chegava no trabalho. Para azar dos dois bandidos fardados a abordagem foi registrada por uma câmera de monitoramento

agressão policial
Reprodução

A ação aconteceu na manhã desta sexta-feira (03), por volta das 9h. O marinheiro particular, de 28 anos, que presta serviços para o proprietário de uma embarcação que está guardada no Iate Clube Camboriú, chegava para trabalhar, na rua Dom Henrique, quando foi abordado pelos militares.

Rendido, com as mãos na cabeça, o homem levou um soco no peito. Já caído no chão, recebeu três chutes na cara e ficou desmaiado, enquanto os policiais revistavam seu carro. Nada de irregular foi encontrado no veículo e o homem foi liberado.

Seu rosto ficou deformado e roxo devido a agressão. Seu celular acabou ficando com a tela quebrada. O marinheiro precisou de atendimento médico e foi levado pelo SAMU para o hospital.

Como de praxe a Polícia Militar limitou-se a informar que instaurou inquérito contra os policiais para apurar o caso. É mais um caso revoltante que cheira a imunidade, os trabalhadores brasileiros ficam acuado entre a violência da bandidagem “oficial” e a bandidagem fardada de alguns membros. Com Camboriú News.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 1 =