Um idiota e puxa-saco para chanceler do Brasil

A esta hora o pobre do Barão do Rio Branco deve estar se revirando no túmulo.

Um puxa-saco, idiota e arrivista é anunciado como futuro chanceler do Brasil, nada que não possa piorar.

Veja abaixo como o tal de Ernesto Araújo se define:

Pela sua descrição dá para imaginar o tamanho do constrangimento que esse cidadão fará o Brasil passar diante do mundo inteiro! Mas há grande movimentação devido as enormes críticas do Itamarati à imprensa para que Bolsonaro mude de ideia. Nunca em toda história o Itamaraty sofreu tamanha afronta e humilhação. É a esculhambação total!

Bolsonaro, aconselhado por seu filho Eduardo escolheu um diplomata de terceiro escalão, sem nenhuma experiência internacional, e é considerado como “júnior” no Itamaraty.

Durante a campanha presidencial apoiou abertamente Bolsonaro em seu blog onde destila ódio à esquerda e ofende a inteligência e a história. Nenhum diplomata comete barbaridades como essa.

Defende ideias como a de que a campanha mundial contra o aquecimento global é uma conspiração marxista para dominar o mundo!!? Seu pensamento é maniqueísta do tipo a luta entre o “bem e o mal”. E suas ideias fundamentalista remete aos tempos das Cruzadas, tal como na Idade Média ele como um “Torquemada” moderno investe no combate contra os hereges, ou seja, os esquerdistas em geral e os petistas em particular a quem chama o PT de partido Terrorista. Mistura Deus, Jesus e política de forma inconsequente e tresloucada. É um imbecil que diz que o nazismo era de esquerda mesmo que a embaixada da Alemanha reafirme o contrário.

Moral da estória vamos virar piada em termos diplomático, a nossa política externa vai perder relevância e a independência. As relações internacionais com países governados pela esquerda estão ameaçados. Nosso maior parceiro comercial – a China é um estado socialista. O Brasil também vai virar as costas para os países muçulmanos que compram a maior parte dos frangos brasileiros?

Como não bastasse os problemas já criado por Bolsonaro com alguns países (China, Cuba, Noruega e Egito), agora com esse chanceler será o desastre total, menos é claro com a pátria mãe – “os EUA”!

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − 2 =