Venezuela inicia testes da vacina russa contra COVID-19

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou na quarta-feira (14) que o país deu início aos testes da vacina russa Sputnik V contra a COVID-19

vacina russa
ðóñó SARS-CoV-2). Ïåòð Êîâàëåâ/ÒÀÑÑ

O presidente venezuelano lembrou que milhares de vacinas chinesas estão chegando ao país, para as quais também contam com voluntários para realizar os testes.

“A vacina russa já está na Venezuela, os testes já começaram, já existem 2.000 voluntários”, disse Maduro.

Maduro indicou que após a conclusão da terceira fase das vacinas russa e chinesa em devido tempo, com a autorização da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), implementará a ​​vacinação em massa.

O presidente reiterou que a estimativa é de iniciar a vacinação em todo o país em abril de 2021.

“Em primeiro lugar, todo o pessoal de saúde do país, todos os trabalhadores, profissionais do sistema de saúde, todos os professores do sistema de ensino, todos os idosos, todos aqueles que tenham alguma doença ou vulnerabilidade, e assim iremos até cobrir toda a população venezuelana”, afirmou.

O primeiro lote de vacinas russas contra a COVID-19 chegou à Venezuela no dia 2 de outubro. O país foi o primeiro da região a receber a Sputnik V.

Fonte: Sputnik

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco + 7 =