Atualizações ao vivo: corrida pela Casa Branca ainda está muito apertada

eleições

A disputa entre o presidente Trump e Joe Biden continua muito próxima, apesar da falsa declaração de Trump na quarta-feira de que ele venceu, enquanto a contagem de votos continua num campo de batalha em vários estados importantes que o resultado final pode demorar dias.

Trump declarou que irá à Suprema Corte para pressionar para que “todas as votações parem”, infundamente chamando a contagem contínua de votos de uma “fraude”, já que os principais estados acumulam um volume historicamente alto de cédulas antecipadas e postais devido a pandemia de coronavírus.

  • Anteriormente, Biden declarou que acreditamos que estamos no caminho certo para vencer esta eleição” – sem afirmar que já havia vencido, como fez Trump.
  • Biden disse que está “otimista com esse resultado”, mas que “teremos que ser pacientes … Não acaba até que cada voto seja contado, cada cédula seja contada”.

As vitórias de Trump na Flórida e no Texas, projetadas pela Associated Press, descartaram a chance de que a corrida presidencial pudesse ser resolvida rapidamente.

  • A Associated Press declarou Biden o vencedor no Arizona, uma escolha crucial que reflete as mudanças demográficas e preserva o caminho para Biden, mesmo que Trump mantenha a Pensilvânia.
  • Os democratas também buscavam recuperar Michigan, Wisconsin e Pensilvânia, à medida que as chances de Biden de ganhos no sudeste pareciam estar diminuindo.
  • AP projeta que Biden ganhou o 2º distrito congressional de Nebraska. Vale um voto eleitoral, mas tira um distrito que Trump ganhou em 2016 – e mantém aberto um caminho pelo qual Biden pode perder a Pensilvânia e ainda assim ganhar a presidência.
  • A AP também declarou Biden o vencedor em Minnesota, Califórnia, estado de Washington, Oregon, New Hampshire, Colorado, Nova York, Distrito de Columbia, Novo México, Illinois, Maryland, Massachusetts, Connecticut, Nova Jersey, Rhode Island, Virgínia, Vermont, Havaí e seu estado natal, Delaware. Ele também ganhou pelo menos três dos quatro votos eleitorais do Maine.
  • Ohio, Iowa, Montana, Utah, Idaho, Missouri, Kansas, Louisiana, Nebraska, Dakota do Norte, Dakota do Sul, Wyoming, Indiana, Arkansas, Tennessee, Oklahoma, Mississippi, Alabama, Carolina do Sul, Kentucky e West Virginia fecharam com Trump .

Trump está observando a contagem da Casa Branca. Biden está assistindo em sua casa em Wilmington, Delaware.

Nesse momento as esperanças dos democratas de ganhar o controle do Senado esmaeceram à medida que perderam uma série de disputas de alto nível.

  • O democrata Mark Kelly derrotou a senadora republicana Martha McSally no Arizona, e o democrata John Hickenlooper derrotou o senador republicano Cory Gardner no Colorado, por AP.
  • Mas o republicano Tommy Tuberville derrotou o senador democrata Doug Jones no Alabama, e o senador republicano Steve Daines foi reeleito em Montana em uma disputa observada de perto contra o governador democrata Steve Bullock.
  • E a senadora republicana Lindsey Graham manteve sua cadeira, derrotando o democrata Jaime Harrison em uma das eleições para o Senado mais assistidas no país.

A pandemia de coronavírus transformou esta eleição em um referendo sobre a gestão de Trump na condução da crise econômica e de saúde pública que até agora matou 232.000 americanos e infectou mais de 9,3 milhões.

  • O vírus levou a maioria dos estados a expandir suas opções de votação antecipada. Os resultados iniciais sugerem que atingiremos novos recordes de participação eleitoral.
  • Washington, DC e outras cidades importantes estão em guarda contra distúrbios civis.
  • As autoridades alertaram que pode levar dias até que um vencedor seja declarado.
Fonte: Axios
Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 2 =