Governo ameaça processar jornalista Ricardo Noblat por compartilhar charge de Bolsonaro

O governo de Jair Bolsonaro pediu que o jornalista Ricardo Noblat, da revista Veja, seja investigado com base na Lei de Segurança Nacional por publicar nas redes sociais uma charge na qual o presidente aparece ao lado de uma suástica, símbolo do nazismo.

O perfil da Secom no twitter reproduziu mensagem disseminada pelo jornalista Ricardo Noblat, de O Globo, dizendo que pretende processá-lo e ao cartunista Aroeira pela sugestão de que Jair Bolsonaro é nazista.

“A não ser que provem sua acusação, o que é impossível, incorrem em falsa imputação de crime e responderão por esse crime”, diz a mensagem da secretaria comandada por Fabio Wajngarten.

Na charge, Bolsonaro aparece retocando o símbolo dos hospitais como se fossem suásticas e convocando: “Bora invadir outro?”.

Depois que o presidente sugeriu a seus apoiadores fotografar e filmar hospitais onde estão internados doentes com a covid-19 ao menos dois episódios aconteceram, em Fortaleza e Serra, no Espírito Santo.

Noblat disse a Folha de São Paulo, que a Lei de Segurança Nacional não se presta a tolher a liberdade de pensamento.

“Não creio que a Lei de Segurança Nacional exista para impedir a livre manifestação de pensamento. Por sinal, ela é uma excrecência que não foi removida mesmo com a redemocratização”, afirmou Noblat. “Não é a primeira vez que Bolsonaro me processa. Já me processou duas vezes, como candidato e como presidente. Perdeu as duas. Acho que perderá esta, se insistir nisso”, completou.

O ministro da Justiça, André Mendonça, em redes sociais afirmou: “Solicitei à @policiafederal e à @MPF_PGR abertura de inquérito para investigar publicação reproduzida no Twitter Blog do Noblat, com alusão da suástica nazista ao presidente Jair Bolsonaro. (…) O pedido de investigação leva em conta a lei que trata dos crimes contra a segurança nacional, a ordem política e social, em especial seu art. 26”.

Abaixo a charge de Aroeira republicada por Noblat:

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove − 5 =