O PROTAGONISTA POLÍTICO

Brasil amanhece com Greve Geral que atinge 23 estados e o Distrito Federal

Paralisação tem ampla adesão. 

O presidente do Brasil , Jair Bolsonaro , vive nesta sexta-feira a primeira greve geral de seu governo convocada por sindicatos , coletivos e diversos movimentos sociais para enfrentar a reforma previdenciária promovida pelo Executivo e que visa restringir o acesso à aposentadoria.

Os sindicatos consideram a reforma proposta por Bolsonaro, que iniciou sua administração em janeiro passado, como uma destruição do sistema previdenciário para sua privatização e seu impacto é reforçado quando combinado com a reforma trabalhista aprovada pelo governo de Michel Temer.

“A greve está na boca de todos e preocupa os empregadores”, disse o presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Vagner Freitas.

Segundo o portal G1 várias cidades brasileiras registram protestos e paralisações na manhã desta sexta-feira (14). Trabalhadores cruzaram os braços contra os cortes do governo na educação e a “reforma” da Previdência. Por volta de 9h35, ao menos 23 estados e o DF tinham sido afetados.

No início da manhã, os efeitos da paralisação eram sentidos nas grandes cidades principalmente no transporte público e com o fechamento de vias. Somente parte das linhas de ônibus, trem ou metrô funcionavam em capitais como São Paulo, João Pessoa, Curitiba, Maceió e Salvador. No Rio, protestos bloquearam várias vias da cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *