Coreia do Norte tem zero infectados e zero mortes por coronavírus

A RDPC está mais uma vez a intensificar esforços anti-epidêmicos à escala nacional de um modo científico para impedir o COVID-19 de entrar e propagar-se no país

 

A RDPC está mais uma vez a intensificar esforços anti-epidêmicos à escala nacional de um modo científico para impedir o COVID-19 de entrar e propagar-se no país.

O país reforça a inspeção dos materiais que entram através das fronteiras e dos portos e coloca-os em estações de quarentena plenamente equipadas com desinfectantes eficazes, sprays, fatos de proteção e material perfeitamente desinfetado.

Inspecionam-se e desinfetam veículos, navios e materiais cuidadosamente, deixando os materiais em lugares bem fechados durante dez dias e entregam-nos aos destinatários de acordo com procedimentos e ordens estabelecidos pelo estado.

De acordo com o recente prolongamento das férias escolares, os estudantes são solicitados a não se deslocarem.

A libertação da quarentena de estrangeiros, viajantes do exterior, contatos e outros que tenham estado sob observação médica é adequadamente executada sob a instrução unificada da sede central de emergência anti-epidêmica.

Mais de 990 pessoas na Província Phyongan Norte e mais de 720 em Phyongan Sul foram libertadas da quarentena, incluindo a libertação recente de mais 70 que não apresentavam sintomas suspeitos.

Todas as províncias estão a examinar os períodos de isolamento daqueles em quarentena a fim de os libertar se se confirmar não terem sintomas relacionados com a infecção coronavírus. E mesmo após a libertação eles ficam sob atenta observação médica durante 30 dias.

Fonte: Pyongyang Times

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 + 13 =