Coronavírus: Johnson conta como os médicos cogitaram anunciar sua morte

Boris Johnson revela que os médicos se preparavam para anunciar sua morte enquanto ele lutava contra o coronavírus

fotos

Sentado agora em seu escritório na Downing Street, Johnson tornou a reviver as situações extraordinárias nas duas semanas em que quase perdeu a própria vida, mas se recuperou a tempo de ver o nascimento de seu filho.

Ele acrescentou: “Foi um momento difícil, não vou negar. Eles (médicos) tinham uma estratégia para lidar com um pior cenário.

“Eu não estava em uma forma particularmente bem e sabia que havia planos de contingência em vigor”.

Os médicos tinham todo tipo de providências para o que fazer se tudo desse errado!

A dura realidade de sua situação rapidamente atingiu quando ele foi ligado a monitores e transferido para terapia intensiva.

Durante sua luta de vida ou morte no Hospital St. Thomas, no mês passado, Boris continuou se perguntando: “Como vou sair disso?”

Ele lembrou: “Era difícil acreditar que em apenas alguns dias minha saúde se deteriorou nessa extensão. Lembro-me de me sentir frustrado. Eu não conseguia entender por que não estava melhorando”.

“Mas chegou o momento ruim, quando  eles teriam que colocar um tubo na minha traqueia”.

“Foi graças a uma enfermagem maravilhosa que fizeram uma enorme diferença”, ele completa.

A infecção

O primeiro-ministro anunciou que estava infectado com um coronavírus em 27 de março. Desde então, ele estava isolado, mas continuou a trabalhar. Em 3 de abril, ele começou ter uma febre alta e um dia depois ele foi hospitalizado.

Em 6 de abril, o gabinete do primeiro-ministro anunciou que a condição de Johnson estava piorando e que ele foi levado para tratamento intensivo. No dia seguinte, a condição do primeiro ministro era estável, e ele não precisava mais de um ventilador, respirava por conta própria. Em 9 de abril, o chefe de governo foi transferido da terapia intensiva para uma ala regular.

O primeiro-ministro voltou à residência de Londres em Downing Street em 26 de abril e começou a trabalhar no dia seguinte.

Fonte: Thesun

Related Posts
Uma nova (e mais justa) Nuremberg
fotos

A Federação Russa continua a desempenhar o seu papel civilizador na Ucrânia, capturando, julgando e punindo os nazis que participaram [...]

Impossibilitada de escalar militarmente, OTAN aposta na retórica
fotos

Continuando sua incessante onda de escaladas na guerra contra a Federação Russa, os países da OTAN decidiram deliberar sobre “autorizar” [...]

O Ocidente já está em guerra com a Rússia, mas os seus líderes não conseguem acordar de um sonho
fotos

A OTAN está a planejar algo grande na Ucrânia? Estaremos agora à beira do início da Terceira Guerra Mundial, já [...]

Iêmen contra-ataca, visando o USS Eisenhower
fotos

As Forças Armadas do Iémen, alinhadas com Ansarallah, aumentaram as apostas no Mar Vermelho ao atacarem o porta-aviões norte-americano Eisenhower [...]

‘Líder do mundo livre’ permite genocídio e aniquilação global
fotos

Se houver alguma esperança, pode ser que a abominável realidade estimule o mundo a revoltar-se contra este sistema criminoso e [...]

Pogroms, censura, manipulação midiática: o que o Ocidente esconde sobre o genocídio palestino
fotos

Israel rompe todos os limites de ultraje, humilhação e desprezo pela dignidade humana, cuja vítima há 75 anos é o [...]

Compartilhar:

Deixe um comentário

error: Content is protected !!