De Maia sobre Weintraub: “Não sabem que ele trabalhou no Banco Votorantim, que quebrou em 2009”

maia-weintraub

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ironizou a ida de Abraham Weintraub, agora ex-ministro da Educação, para o Banco Mundial. Em vídeo, Weintraub disse que recebeu convite para assumir um cargo de diretoria na instituição.

“Não sabem que ele trabalhou no Banco Votorantim, que quebrou em 2009, e ele era um dos economistas do banco”, disse em entrevista coletiva. Questionado se acha que Weintraub vai quebrar o Banco Mundial, Maia respondeu que a pergunta deve ser feita para quem o indicou ao cargo.

A repercussão da indicação de Waintraub, de acordo com Estadão, não foi bem recebida por integrantes e ex-integrantes do Banco Mundial, que disseram estar “chocados” com indicação do ministro demissionário, para o cargo de diretor executivo da instituição. A preocupação é que o Brasil possa virar “piada internacional”.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − 19 =