Weintraub deixa o ministério da Educação

demissão

O agora ex-ministro da Educação, o incompetentíssimo Abraham Weintraub, anunciou nesta quinta-feira 18/06 que deixará o cargo. Weintraub conhecido por seu olavismo e erros crassos de português, confirmou sua saída em vídeo publicado nas redes sociais no qual ele aparece ao lado de Jair Bolsonaro.

Weintraub assumiu o cargo em abril de 2019 no lugar do colombiano naturalizado brasileiro Ricardo Vélez Rodríguez.

“É um momento difícil, todos os meus compromissos de campanha continuam de pé. Busco implementá-lo da melhor forma possível. A confiança você não compra, você adquire. Todos que estão nos ouvindo agora são maiores de idade, sabem o que o Brasil está passando. E o momento é de confiança. Jamais deixaremos de lutar por liberdade. Eu faço o que o povo quiser”, diz Bolsonaro no vídeo.

A má notícia é que Weintraub foi indicado para assumir a diretoria do Banco Mundial, possivelmente para evitar sua prisão, ao custo de novos vexames para o país.

 

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × cinco =