Dezenas de mercenários brasileiros deixaram a legião estrangeira da Ucrânia

Cerca de 230 brasileiros que estavam no território da Ucrânia conseguiram retornar ao país com a ajuda do Itamaraty

mercenários

Segundo o Itamaraty, 19 cidadãos ainda estão na Ucrânia e 11 deles não vão sair do país. Alguns deles foram para a zona de conflito para se juntar à legião estrangeira.

O coordenador da Força Tarefa, Unaldo Eugênio Vieira de Souza, disse que o governo brasileiro “oferece sua assistência aos combatentes e mantém comunicação constante”.

O Ministério das Relações Exteriores do país controla a situação dos compatriotas na Ucrânia por meio de dois escritórios – em Lviv e em Chisinau, necessários para o funcionamento dos mecanismos de assistência de emergência. Os escritórios de representação estão envolvidos na emissão de documentos e na evacuação de brasileiros do território da Ucrânia.

Segundo algumas estimativas, além de mercenários, cerca de 500 cidadãos brasileiros estiveram na Ucrânia em fevereiro de 2022. A maioria deles solicitou à embaixada a evacuação após a escalada do conflito.

Segundo o UOL, outros 500 brasileiros se mobilizaram em grupos de WhatsApp e Telegram com a intenção de ingressar na Legião Estrangeira de Kiev. De acordo com a embaixada ucraniana no Brasil, mais de uma centena de pessoas apresentaram pedidos oficiais para ingressar na legião.

Anteriormente, soube-se que a Legião Estrangeira de Defesa Territorial da Ucrânia começou a rejeitar os pedidos dos brasileiro. Um grupo de mercenários brasileiros que foram rejeitados na Ucrânia sugeriu que isso ocorreu porque o chanceler russo, Sergei Lavrov, incluiu o Brasil na lista de países que “não vão dançar ao som dos Estados Unidos”.

Related Posts
Como Eduardo Bolsonaro e comitiva articulam com parlamentares dos EUA punições ao Brasil
fotos

Comitiva bolsonarista passa uma semana nos EUA e tenta convencer republicanos e lobistas de que Brasil viveria ditadura

Brasil não cumpre decisões da Corte Interamericana sobre polícia e Forças Armadas
fotos

Tribunal internacional condenou novamente o país por crimes cometidos por policiais militares

Denunciado por incitação, bolsonarista agora se diz apoiador de Boulos e do PT
fotos

“Segunda-feira eu tô lá em Brasília levando o capacete para o presidente [Lula]”, diz em um vídeo no Instagram um [...]

Teologia do domínio é mais perigosa para democracia que bolsonarismo, diz historiador
fotos

Em meio ao avanço de investigações da Polícia Federal sobre as suspeitas de um plano de golpe de Estado por [...]

PEC dos militares na política: Mourão junta oposição para frear mudanças em candidaturas
fotos

Até terça-feira (20), o Palácio do Planalto contava com a volta das sessões no Congresso para fazer avançar a despolitização [...]

A coragem de Lula e o vira-latismo da mídia
fotos

A declaração do presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre a similaridade entre o extermínio do povo palestino que Israel [...]

Compartilhar:

Deixe um comentário

error: Content is protected !!