Economistas preveem um “tsunami” de desemprego chegando nos EUA

desempregados
Reprodução

O crescimento exponencial das solicitações do programa de Compensação do Desemprego de Emergência Pandêmica (PEUC) está preocupando os economistas e prevendo um enfraquecimento do mercado de trabalho dos EUA nos próximos meses.

O PEUC é um programa da social para americanos desempregados que esgotaram as 26 semanas de benefícios de desemprego que recebem de seu estado. Ele cresceu de 27.000 pessoas em 11 de abril para 1,3 milhão em 1º de agosto.

O número de destinatários PEUC tem sido superior a 1 milhão por quatro semanas consecutivas e tem aumentado a cada semana. Pior, provavelmente é composto de pessoas que perderam seus empregos antes da onda de fechamentos de empresas que atingiu os Estados Unidos em meados de março.

  • “O verdadeiro tsunami está chegando”, disse Mark Zandi, economista-chefe da Moody’s Analytics. “Meu palpite é que, a essa altura, as contratações nas indústrias que foram duramente atingidas irão diminuir.”
  • “Isso nos deixa com muito pouca criação de empregos no resto da economia, mas ainda com altos níveis de demissões.”
  • “Acho que o mercado de trabalho deve começar a enfraquecer novamente aqui, especialmente se o Congresso e o governo não se unirem e aprovarem mais apoio.”

O que vem a seguir não é nada animador, “torna-se uma longa história de recuperação com mais atrito no mercado de trabalho”, disse Julia Coronado, presidente da MacroPolicy Perspectives.

  • “Você está começando a ver os períodos de desemprego durar muito tempo. Quanto mais tempo você fica fora do mercado de trabalho e desconectado de seu empregador anterior, mais difícil é se reconectar.”

Conclusão que se tira é que a “a recuperação seria mais rápida e robusta com o estímulo fiscal e há muito mais risco de uma recuperação prolongada e lenta e até mesmo de algum retrocesso sem ela.”

Fonte: Axios

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 5 =