Editora lança HQ que conta a história do ativista brasileiro Carlos Marighella

A Editora Draco anunciou o lançamento de Marighella #LIVRE, HQ que conta a história do ativista brasileiro Carlos Marighella. Divididas em três narrativas, a graphic novel tem roteiros de Rogério Faria (Corpos-Secos), capa de phillzr e arte de Ricardo Sousa (ZéMurai) e Jefferson Costa, artista vencedor do Prêmio Jabuti pela Graphic MSP Jeremias: Pele.

quadrinhos

Marighella #LIVRE contará três diferentes histórias da trajetória do ativista, começando pela prisão e tortura que viveu aos 24 anos, em 1936. Nos capítulos seguintes, que se passam em 1964 e 1969, serão retratados momentos em que ele enfrentou a ditadura militar que comandou o Brasil entre 1964 e 1985. Confira abaixo uma prévia da HQ:

Com 64 páginas em preto e branco, Marighella #LIVRE pode ser adquirida direto no site da Draco. O quadrinho é lançado um mês após a data marcada para o lançamento do filme Marighella, cinebiografia do militante que estreou sobre aplausos no Festival de Berlim. Protagonizado por Seu Jorge, o longa que narra a vida de Carlos Marighella entre 1964 e 1969, quando ele morreu em uma emboscada por policiais na época da ditadura militar chegaria aos cinemas brasileiros em 14 de maio, mas foi adiado por causa da pandemia do coronavírus.

Related Posts
Se o capitalismo é “natural”, porque foi utilizada tanta força para o construir?
fotos

Se o capitalismo é um resultado natural da natureza humana, porque violência sistemática e leis draconianas foram necessárias

Ditadura democrática
fotos

Era uma vez uma democracia - inicialmente aproximadamente clássica, em que as decisões eram tomadas por maioria

Sobre a instabilidade da crise e a psicologia da dissuasão nuclear
fotos

Na era nuclear, a principal ameaça é a transição do confronto para uma guerra total

Por que o México não é os EUA
fotos

Leio hoje, de um cidadão declarado agente estrangeiro, reflexões inesperadas sobre a Revolução Mexicana, que pôs fim ao longo reinado [...]

A degradação como estratégia do Ocidente na guerra mental
fotos

A conquista de vantagens geopolíticas e econômicas por qualquer potência lhe dá a oportunidade de construir uma ordem mundial de [...]

Por que o globalismo falhou
degradação

A tecnocracia, o alarmismo climático e as políticas de identidade semearam as sementes do declínio ocidental. Em termos de poder [...]

Compartilhar:

Deixe um comentário

error: Content is protected !!