Exército paquistanês revela morte de 3 soldados após ataque de tropas indianas

De acordo com o comunicado divulgado pelas Forças Armadas do Paquistão, um quarto soldado ficou ferido no incidente e acrescentou que “o exército paquistanês reagiu efetivamente” ao ataque das tropas indianas.

Em Jammu e Caxemira (o único estado indiano em que os muçulmanos representam a maioria), os grupos separatistas que defendem a independência ou a união com o Paquistão continuam ativos | Foto: AP (referencial)

Pelo menos três soldados paquistaneses foram mortos a tiros por soldados indianos na disputada região da Caxemira , informou na segunda-feira a assessoria de imprensa das forças armadas do Paquistão (ISPR).

“Três filhos bravos de nossa terra deram suas vidas no ato de serviço. As tropas indianas recorreram a um ataque não provocado em Rakhchakri, Sector Rawalakot, perto da Linha de Controle [LOC]”, de acordo com a agência militar no comunicado de imprensa .

De acordo com o comunicado, um quarto soldado ficou ferido no incidente e acrescentou que “os militares paquistaneses responderam de forma eficaz , ” ao mesmo tempo que “há relatos de vítimas no lado indiano.”

Em Jammu e Caxemira (único estado indiano onde os muçulmanos representam maioria) permanecem grupos separatistas ativos que defendem a independência ou união com o Paquistão, incluindo Jaish-e-Mohammed (JEM).

Por sua parte, Nova Delhi acusa Islamabad de patrocinar essas milícias, mas os paquistaneses rejeitam sua participação nos ataques.

As relações entre os dois países aumentaram depois de um ataque terrorista suicida contra um comboio policial em Pulwama, no estado indiano de Jammu e Caxemira, causando mais de 40 mortes e dezenas de feridos.

Do Telesur

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − sete =