Exército sírio liberta cinco aldeias no noroeste da Síria

fotos

Os combatentes do exército sírio libertaram cinco aldeias no noroeste da Síria de terroristas no sábado (11/05) e chegaram à fronteira administrativa entre as províncias de Idlib e Hama. Isto foi relatado pelo canal de TV Al Mayadeen.

Segundo o canal sírio, como resultado da operação, os soldados sírios conseguiram destruir o posto de comando e depósitos de armas do grupo extremista Dzhebhat al-Nusra na aldeia de Hass.

Mais cedo, as forças do governo liquidaram mais de 40 militantes Dzhebhat an-Nusra no noroeste do país, que atacaram posições do exército em Kfar Nabud e tentaram recuperar o controle desta vila.

O comando das forças armadas da república enviou reforços militares e veículos blindados para o noroeste da Síria no início de maio para restaurar o cessar-fogo na zona de desescalada localizada ali e libertar a região das gangues terroristas. Tropas sírias estão se aproximando da cidade de Khan-Sheikhun, no sul da província de Idlib, onde está localizado um grande posto de gangues. Dominar Khan-Sheikhun permitirá que o tráfego seja restaurado ao longo da rodovia Hama-Aleppo, que foi bloqueada pela oposição armada em 2012.

As operações militares do exército sírio, que começaram em 6 de maio, visam restaurar o controle da rodovia Hama-Aleppo e garantir a segurança nas aldeias pacíficas no vale de Sahl al-Gab, perto do rio Orontes, que regularmente são bombardeadas pelas gangues.

Membros de grupos armados ilegais bombardearam vários assentamentos na província de Latakia, na República Árabe da Síria. Isto foi anunciado pelo chefe do Centro Russo para a Reconciliação das partes beligerantes, Major General Viktor Kupchishin.

“Durante o dia, os militantes atacaram os assentamentos de Jubb al-Zarur (duas vezes), Ruyset-Eskander e Ay-el-Hammam, da província de Lattakia”, disse o chefe do TsPVS RF.

No sul de Idlib, forças do governo lançaram ataques de artilharia contra bases traseiras de Dzhebhat an-Nusra nas áreas de Abdin, Kusabayn, Kfar-Sijn e Sheikh-Mustafa.

Em Hama as tropas do governo libertou Bab al-Taq, Maydan Ghazal e Al-Sharia (Al-Shariah).

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!