‘Grande conquista’: Putin considera a Rússia como a única nação com três vacinas próprias contra COVID

A pandemia de coronavírus acelerou o lançamento de tecnologias de ponta, de acordo com o presidente russo

Três vacinas contra o coronavírus desenvolvidas pela Rússia são uma grande conquista científica, disse o presidente russo, Vladimir Putin, na segunda-feira (08/02) em uma reunião do Conselho para Ciência e Educação.

Segundo Putin, graças aos seus cientistas, a Rússia “tem posições de liderança no mundo” no desenvolvimento de vacinas contra o coronavírus. “Além disso, somos o único país que já possui três vacinas próprias, desenvolvidas internamente”, afirmou.

“Sem dúvida, esta é uma grande conquista científica”, enfatizou o presidente russo.

O fato de a Rússia ter conseguido lançar a produção da vacina e iniciar a vacinação em massa da população foi ainda mais importante, acrescentou Putin. “Assim, graças ao esforço conjunto de cientistas, empresas nacionais e do Estado, os cidadãos do nosso país e de outros países podem tirar partido desta maior conquista científica”, frisou.

Putin observou que a Rússia também precisava de um processo igualmente rápido de introdução e expansão de tecnologias, criando produtos competitivos com base em outras áreas que eram críticas para a sociedade e todas as pessoas.

Lançamento de tecnologias de ponta

A pandemia do coronavírus acelerou o lançamento de tecnologias de ponta e a política científica e tecnológica nacional deve enfrentar os desafios da época, disse Vladimir Putin na reunião do Conselho.

A educação, a ciência e a soberania tecnológica “tornaram-se atualmente não apenas importantes, mas em grande medida decisivas, fatores-chave da segurança nacional e da qualidade de vida”, disse o presidente.

“O impulso para mudanças globais está crescendo diante de nossos olhos. A pandemia não se tornou simplesmente um teste para a humanidade, mas também impulsionou a integração de desenvolvimentos avançados em todas as esferas da vida”, insistiu Putin. Atualmente, a “política científica e tecnológica nacional e as medidas para fortalecer a ciência nacional devem definitivamente corresponder aos desafios de um nível de complexidade fundamentalmente diferente”, acrescentou o chefe de Estado.

O presidente exortou as organizações russas que realizam pesquisas científicas a unirem esforços para alcançar o resultado final, em vez de se dividirem.

Related Posts
Matando o bem-estar algoritmicamente
Inteligência artificial

ALGUMAS das mais proeminentes startups de IA, empresas tecnológicas, seus executivos, investigadores e engenheiros querem fazer-nos acreditar que a inteligência [...]

‘Doença X’: o mundo deve se preparar para uma nova pandemia que pode matar 20 vezes mais que o coronavírus
fotos

A Organização Mundial da Saúde usa o termo “Doença X” para se referir a uma infecção com potencial para causar [...]

Carbono azul: aquecimento dos oceanos ameaça plâncton e clima do planeta
fotos

Grande parte do ar que respiramos é produzido nos oceanos por criaturas que nem enxergamos. Um trabalho feito de forma [...]

Cientistas descobriram quanto tempo leva para o cérebro se recuperar após abstinência do álcool
fotos

As funções cerebrais prejudicadas em uma pessoa podem ser restauradas após uma abstinência prolongada de consumo de álcool

O buraco na camada de ozônio sobre a Antártida tornou-se o maior já registrado na história
fotos

Medições do satélite Copernicus Sentinel-5P mostram que sua área atingiu 26 milhões de km² – isto é 3 vezes maior [...]

Ciência: A humanidade moderna surgiu graças a 1.280 indivíduos
fotos

Poderá o destino dos oito bilhões de pessoas que vivem agora na Terra ter dependido da resiliência de apenas 1.280 [...]

Compartilhar:

Deixe um comentário

error: Content is protected !!