Há 100 anos atrás, foi criado a URSS

ccccp fundação

Por Colonel Cassad

A URSS foi o primeiro estado socialista dos trabalhadores e camponeses da história. O nosso país foi o primeiro a seguir este caminho, mudando-se a si próprio e mudando o resto do mundo. A própria Rússia na sua encarnação socialista subiu a alturas até então inacessíveis, tanto em termos de bens sociais para o povo como em termos de poder e influência sobre os processos que determinaram o desenvolvimento de toda a humanidade.

Quando hoje vemos a crise do capitalismo e os problemas que este traz, a URSS continua a lembrar-nos das alternativas ao impasse capitalista. Não importa quantas vezes tentaram enterrar o socialismo após 1991, ele não foi a lado nenhum – resistiu mesmo à destruição da URSS e continua a ter uma enorme influência na mente de centenas de milhões e bilhões de pessoas. Em 2022, é especialmente evidente que a alternativa sugerida à URSS, sob a forma de “um passeio para o Ocidente” no “bilhão de ouro” na “estrada de pilares da civilização”, nos conduziu a um impasse histórico, do qual o país tem de sair agora através da guerra. Desperdiçamos 30 anos numa experiência inadequada, ao mesmo tempo que temos perante nós o exemplo da República Popular da China, que conseguiu perseverar, realizar uma nova modernização e agir agora como uma nova superpotência liderada pelo maior partido comunista do mundo, que está a estudar cuidadosamente os nossos erros que levaram ao colapso do PCUS e da URSS, arruinando o trabalho árduo e os sacrifícios das gerações anteriores que construíram uma superpotência socialista que esmagou o colonialismo ocidental e trouxe liberdade a muitos povos de todo o mundo.

Os chineses aprenderam com os nossos erros, enquanto nós teremos de aprender com os nossos. E não há dúvida de que muitas das realizações da URSS e a experiência acumulada durante o período soviético foram e serão utilizadas em maior escala no futuro. Fugir da história soviética, apresentando a URSS como um “buraco negro da história nacional”, falhou. Da difamação da URSS a sociedade russa chega à compreensão de como na realidade era a URSS, e em condições de guerra vemos claramente que aquilo que durante 30 anos tentaram apresentar-nos como estupidez era uma farsa. O que eles tentaram apresentar como crueldade foi uma necessidade deliberada. O que parecia desnecessário revelou-se vital. E como o grosso daqueles liberais que gozaram ativamente dos “estúpidos soviéticos” covardemente fogem para o estrangeiro, o preço de toda esta inclinação na nossa história e no nosso país torna-se mais claro.

Neste dia recordamos a URSS, as suas conquistas e vitórias, os seus erros e deficiências, e claro, o seu trágico fim que custou tanto ao nosso país e ao nosso povo. Mas isso já aconteceu. A tarefa para as nossas gerações é pegar em tudo o que pode e deve ser retirado da experiência soviética e aplicá-lo aos esforços pelos quais a Rússia irá para o futuro através da tempestade de uma ordem mundial em colapso. A URSS é um dos pontos históricos de referência neste caminho.

Feliz aniversário camaradas! Feliz aniversário URSS!

Related Posts
Aniversário de Lênin
fotos

Na atual pseudoinformação e pseudoeducação em massa, em que qualquer conhecimento é sempre parcial, eclético e, portanto, completamente inútil, o [...]

O que a ciência brasileira perdeu com a repressão durante a ditadura?
fotos

Professores e pesquisadores sofreram prisões, demissões, aposentadorias, censura de publicações, cancelamento de bolsas e de contratações

Militarização e violência revelam uma “transição inacabada” no Brasil, diz pesquisado
fotos

A história mostra que a parceria entre militares e Centrão triunfa na política. Há quem não saiba que em plena [...]

Torturas e listas sujas: como a Mannesmann aliou-se à ditadura para reprimir trabalhadores
fotos

“As fábricas foram ocupadas pela polícia da ditadura e aqui na Mannesmann houve tiros, emboscada e bombas, na madrugada de [...]

Abuso sexual, tortura e demissões arbitrárias, o papel da Belgo-Mineira na ditadura
fotos

João Monlevade era o nome do dono de uma fazenda na cidade de Rio Piracicaba, Minas Gerais, localizada a 115 [...]

Os registros inéditos do SNI que espionou mais de 300 mil brasileiros na ditadura
fotos

Nos primeiros dias de março de 1985, pouco antes de José Sarney assumir a Presidência da República, o temido Serviço [...]

Compartilhar:

Deixe um comentário

error: Content is protected !!