Liberou a geral: Desembargador autoriza soltura de Michel Temer, Moreira e demais colaboradores

Relator do habeas corpus pedido pelos advogados de Temer e dos demais suspeitos, Athié havia marcado o anúncio de uma decisão para a próxima quarta-feira. Os cinco favorecidos pela decisão foram presos preventivamente na última quinta-feira, a pedido da força-tarefa da Lava-Jato, no Rio de Janeiro.

O ex-presidente Michel Temer chega na Superintendência Regional da Polícia Federal no Rio de Janeiro.

Por ordem do desembargador Antonio Ivan Athié, do Tribunal Regional Federal da II Região, o ex-presidente de facto Michel Temer está liberado da prisão preventiva determinada pela Primeira Instância. A decisão favorece também o ex-ministro Moreira Franco; o coronel Lima, amigo de Temer e outros dois envolvidos no processo.

Relator do habeas corpus pedido pelos advogados de Temer e dos demais suspeitos, Athié havia marcado o anúncio de uma decisão para a próxima quarta-feira. Os cinco favorecidos pela decisão foram presos preventivamente na última quinta-feira, a pedido da força-tarefa da Lava-Jato, no Rio de Janeiro. Titular da ação, o juiz federal Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal, no Rio, autorizou as prisões.

Ao longo do fim de semana, a desembargadora Simone Schreiber, plantonista do TRF, já havia mandado soltar dois dos detidos, contra os quais haviam sido cumpridos mandados de prisão temporária: Carlos Jorge Zimmermann e Rodrigo Castro Neves.

Do CdB

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze + 18 =