Milei: Outro louco que também não está sozinho

Isso não é surpreendente quando ele mesmo diz que fala com Deus e com os animais (vivos e mortos) e que afirma ser o escolhido pela divindade para consertar o mundo.

fotos

Por  Juan Torres López

O próprio Milei disse que foi abusado física, verbal e psicologicamente por sua mãe e seu pai e que, aos 52 anos de idade, ainda não fala com eles. É de se perguntar como um homem que não conseguiu nem mesmo resolver um problema emocional com seus pais pode cuidar de milhões de estranhos e de pessoas com as quais não tem nenhum vínculo por meio da política. A resposta é fácil e pode ser encontrada nas próprias declarações de Milei, que podem ser vistas em uma infinidade de vídeos nas redes sociais: devolver aos outros os golpes, a violência e o desrespeito que recebeu em sua infância e juventude.

Como exemplo deste último, vale a pena mencionar o tratamento e os “argumentos” que Milei dedicou ao chefe de gabinete de Mauricio Macri: “Parasita inútil, incompetente, inepto, idiota, sanguessuga, estúpido, filho da puta, não apresentável, tolo, um lixo (…) ele deveria levar um chute na bunda… deveria ser jogado em uma ilha abandonada… sua cabeça deveria ser cortada com uma Katana”. E essas não são suas palavras mais sujas, nem seus insultos mais rudes, nem seus argumentos mais baixos. Procure outras declarações dele na Web e você verá seu estado de espírito e que ele não se arrepende de nada disso: “Os idiotas que criticam meus modos, eu não dou a mínima”.

Milei não se comporta como um louco apenas quando afirma ser capaz de falar com animais ou quando insulta sem restrições ou modéstia.

Dizer que planeja abolir o banco central pode soar como um debate econômico, mas quando Milei propõe a abertura de um mercado para a compra e venda de órgãos humanos, o que se pode pensar dele?

Entretanto, olhar apenas para a loucura de Milei é contemplar o menos importante. Milei, assim como Trump e outros líderes de extrema direita que estão começando a se espalhar como cogumelos, chegaram onde estão porque são loucos úteis, muito úteis.

O argentino disse que teve de entrar na política para combater a censura, quando na verdade foi estratégica e privilegiadamente impulsionado à popularidade na mídia do grande capital, onde ninguém dá ponto sem nó. Em 2018, ele foi entrevistado 235 vezes na televisão e ficou no ar por mais de 53 horas no total, 13 a mais do que o economista com o segundo maior número de aparições.

Milei não é um homem solitário, assim como Trump não era. Eles sobem na hierarquia política porque é isso que aqueles que controlam o dinheiro e a mídia decidem e querem.

Eles sabem muito bem que as propostas bizarras de Milei são bárbaras e nunca poderão ser implementadas. Mas descobriram que seu histrionismo, sua violência verbal e suas mentiras (o Washington Post contabilizou 30.573 declarações falsas ou enganosas para Trump em quatro anos no cargo) desmobilizam a sociedade, promovem a polarização e destroem as relações sociais e as instituições baseadas na confiança. É isso que eles buscam: criar um clima de confronto permanente, confusão e destruição da democracia que torne materialmente impossível a implementação de políticas sociais e de redistribuição de riquezas que limitem os privilégios do capital. Ou alguém é tão ingênuo a ponto de acreditar que esses loucos desbocados surgiriam na mídia, na política e na sociedade sem o apoio e o financiamento dos senhores do mundo?

Fonte: juantorreslopez.com

Related Posts
PEC dos militares na política: Mourão junta oposição para frear mudanças em candidaturas
fotos

Até terça-feira (20), o Palácio do Planalto contava com a volta das sessões no Congresso para fazer avançar a despolitização [...]

A coragem de Lula e o vira-latismo da mídia
fotos

A declaração do presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre a similaridade entre o extermínio do povo palestino que Israel [...]

Mourão e o golpismo fora de época
fotos

O senador Hamilton Mourão, acostumado com a linguagem da caserna, e ainda ambientado nos anos do golpe de 1964, viciado [...]

A Vale, o governo Lula, o brasileiro, a mídia e os poderes do estado
fotos

A trajetória para o 1º Mundo de uma nação já está delineada e comprovada: Ser protagonista na geração de produtos [...]

Caso First Mile derruba membro da atual diretoria da PF por suposta espionagem ilegal
fotos

O mais recente desdobramento da investigação sobre uma suposta espionagem ilegal de agentes da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) derrubou [...]

“Militares atuaram em 8 de janeiro por omissão e também por ação”, diz historiador
fotos

Francisco Teixeira, da UFRJ, revela que pesquisadores intercederam para governo não aprovar GLO após invasão em Brasília Por Texto: Natalia [...]

Compartilhar:

Deixe um comentário

error: Content is protected !!