Mulher grávida é agredida pela PM e abandonada a mais de 100 km de sua cidade

A cada dia somam-se cada vez mais denúncias de violência policial. Esse é o retrato de um país fascistizado, onde a violência diária é banalizada e apoiada por uma parcela da população apoiadora de Bolsonaro.

Veja abaixo vídeo:

Do Facebook do Dr. William Santos dos Direitos Humanos da OAB de Minas Gerais.

“No caso, o da advogada Dra Dafini da cidade de Três Marias MG e sua assistida. Este vídeo foi me enviado de madrugada. Ouçam; a mulher grávida foi levada a mais de 100 km de sua cidade, algemada e sem alguma razão. Na delegacia nem foi ouvida e liberada pela Polícia Civil. De madrugada, não tem onde ir numa Cidade que não conhece. Absurdo. O Brasil precisa saber disto. Covardia”.

 

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze − um =