Nazistas ucranianos que torturaram soldados russos foram capturados

Na Ucrânia, militares das Forças Armadas da Ucrânia, que torturaram prisioneiros de guerra, foram descobertos e capturados.

ukronazis

As forças especiais das Forças Armadas russas capturaram dois soldados ucranianos que atiraram nas pernas de soldados feridos e torturaram russos, violando assim a Convenção de Genebra sobre prisioneiros de guerra.

De acordo com Vladimir Shamanov, vice-chefe do comitê da Duma sobre o desenvolvimento da sociedade civil, questões de associações públicas e religiosas, trata-se de Konstantin Nemichev, membro do grupo de fãs do clube de futebol Metallist e Sergei Velichko, apelidado de Chile.

Esses criminosos de guerra foram capturados três dias depois que o polêmico vídeo da tortura de soldados russos moribundos foi publicado nas redes sociais.

Depois que os nazistas ucranianos caíram nas mãos da justiça, eles, segundo Shamanov, “rolaram a seus pés, implorando por misericórdia”.

Deve-se notar que hoje, no início das conversações em Istambul, a Rússia protestou à Ucrânia sobre a selvageria dos neonazistas ucranianos. Representantes de Kiev aceitaram o protesto, dizendo que tomariam medidas duras contra todos os participantes da tortura dos militares russos.

Imagens crueis de soldados ucranianos atirando nas pernas de russos foram analisadas pela ONU, que pediu aos dois lados do conflito que investigassem o terrível incidente.

Compartilhar:

2 thoughts on “Nazistas ucranianos que torturaram soldados russos foram capturados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!