Novidades na medicina – Os cientistas agora sabem como diagnosticar rapidamente o câncer de pâncreas

fotos

Cientistas americanos descobriram uma proteína LIF, que é um estimulador do surgimento e progressão do câncer pancreático. Agora o LIF será utilizado como biomarcador para o rápido diagnóstico da oncologia pancreática, além de auxiliar no tratamento da doença, relata o Medicalxpress.

O câncer de pâncreas é reconhecido apenas no estágio de metástase de todo o organismo. Isso ocorre devido à ausência de sintomas pronunciados da doença em um estágio inicial. Além disso, as células cancerígenas estão frequentemente, por assim dizer, na “barreira de proteção” e não são passíveis de ação de drogas.

Depois que os cientistas conseguiram identificar a proteína LIF, eles avaliaram a possibilidade de ser um potencial alvo terapêutico. Então, os pesquisadores conseguiram bloquear o LIF, diminuindo assim significativamente o crescimento do câncer, deste modo o organismo começou a responder aos medicamentos quimioterápicos.

“Não há muitos avanços no tratamento do câncer de pâncreas, porque é um câncer difícil, tanto para o diagnóstico como para o tratamento”. Entender a conexão entre o câncer e as células estreladas pode nos permitir desenvolver métodos mais eficazes de tratamento e diagnóstico precoce do câncer, disse o professor Tony Hunter

Fonte: Pora.ru

Related Posts
Matando o bem-estar algoritmicamente
Inteligência artificial

ALGUMAS das mais proeminentes startups de IA, empresas tecnológicas, seus executivos, investigadores e engenheiros querem fazer-nos acreditar que a inteligência [...]

‘Doença X’: o mundo deve se preparar para uma nova pandemia que pode matar 20 vezes mais que o coronavírus
fotos

A Organização Mundial da Saúde usa o termo “Doença X” para se referir a uma infecção com potencial para causar [...]

Carbono azul: aquecimento dos oceanos ameaça plâncton e clima do planeta
fotos

Grande parte do ar que respiramos é produzido nos oceanos por criaturas que nem enxergamos. Um trabalho feito de forma [...]

Cientistas descobriram quanto tempo leva para o cérebro se recuperar após abstinência do álcool
fotos

As funções cerebrais prejudicadas em uma pessoa podem ser restauradas após uma abstinência prolongada de consumo de álcool

O buraco na camada de ozônio sobre a Antártida tornou-se o maior já registrado na história
fotos

Medições do satélite Copernicus Sentinel-5P mostram que sua área atingiu 26 milhões de km² – isto é 3 vezes maior [...]

Ciência: A humanidade moderna surgiu graças a 1.280 indivíduos
fotos

Poderá o destino dos oito bilhões de pessoas que vivem agora na Terra ter dependido da resiliência de apenas 1.280 [...]

Compartilhar:

Deixe um comentário

error: Content is protected !!