O legado de Mao Tse Tung para a história

Após duas décadas de luta contra as forças da República, em 1949, Mao proclamou o triunfo da Revolução e a fundação da República Popular da China.

mao
Em seu governo, Mao empreendeu várias campanhas de reafirmação ideológica, como o Grande Salto para a Frente e a Revolução Cultural. | Foto: @ EneidaT92443653

Nesta quinta-feira marca o 45º aniversário da morte do líder chinês Mao Tse Tung, principal líder do Partido Comunista da China (PCC) e fundador da República Popular da China.

Mao, considerado o maior homem da história da China e nascido em 25 de dezembro de 1893, liderou o gigante asiático até sua morte em 9 de setembro de 1976, quando tinha 82 anos.

O considerado timoneiro da Revolução Chinesa, nasceu na região de Xiangtang, na província de Hunan, e serviu no exército provincial de Hunan durante a Revolução de Xinhai em 1911, que derrubou a dinastia Qing, fato que deu lugar à nova República da China .

Legado para a história

Em 1921, Mao Tse Tung fundou o Partido Comunista, que lutou na guerra da revolução agrária (1927-1937) e enfrentou a invasão japonesa (1931-1945).

Além disso, ele foi vitorioso na Guerra Civil contra as forças de Chiang Kai-Sheck em 1949, ano em que a República Popular foi proclamada.

Uma de suas realizações foi adaptar o marxismo-leninismo às características da sociedade chinesa, seus usos e costumes.

O marxismo-leninismo postulou que os trabalhadores urbanos deveriam liderar a luta de classes, entretanto, Mao deu à classe camponesa o papel central como motor da revolução.

mao

Em 1927, Mao Tse Tung pegou em armas, formando um grupo guerrilheiro, que foi o germe do que hoje é o Exército de Libertação do Povo.

No período 1934-1935, Mao liderou a chamada “Grande Marcha”, que levou os revolucionários do centro-sul da China ao norte do gigante asiático, salvando-os do extermínio, manobra que o tornou o líder indiscutível do revolução.

Após duas décadas de lutas contra as forças da República, em 1949, Mao proclamou o triunfo da Revolução e a fundação da República Popular da China, da qual foi seu primeiro presidente.

Em seu governo, Mao empreendeu várias campanhas de reafirmação ideológica, como as chamadas Grande Salto para a Frente e Revolução Cultural.

Fonte: teleSUR

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!