OMS está preocupada com a crise de confiança na vacinação da COVID-19 em todo o mundo

O enviado listou quatro razões principais que afetam a credibilidade

vacinação
Reprodução

A Organização Mundial da Saúde (OMS) observa uma crise de confiança na vacinação contra o coronavírus em todo o mundo e, se esta vacinação falhar, terá um impacto catastrófico em outros programas de imunização, disse Melita Vujnovic, representante da OMS na Rússia, na sexta-feira em uma videoconferência realizada como parte da 5ª Assembleia Nacional intitulada Geração Protegida.

“O que podemos ver em todo o mundo agora é uma crise de confiança. É uma crise de confiança entre a população e o Estado”, disse Vujnovic. “Estamos alarmados, pois se a vacinação contra o coronavírus falhar em todo o mundo, também terá um efeito catastrófico em todos os outros programas de imunização. Portanto, perderemos a intervenção mais importante que nos permite combater as doenças infecciosas”.

Vujnovic listou quatro razões principais que afetam a credibilidade. Para ela, o primeiro e mais importante é a comunicação direta com a população. O segundo é uma fonte de informação por meio da qual as opiniões são formadas. Em terceiro lugar, é o meio ambiente e, por fim, o exemplo de autoridades, órgãos governamentais e profissionais de saúde. Segundo ela, as pessoas terão mais confiança na vacinação se virem com os próprios olhos que médicos e políticos passam por esse procedimento.

Vujnovic apontou para a necessidade de categorizar a população para saber em qual grupo falta confiança e para realizar, ao lado dos antropólogos, uma análise ponto a ponto das características culturais e socioeconômicas dessa população. “Existem programas especiais que ajudarão nossa equipe médica e todos os demais a aumentar a confiança”, acrescentou ela.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis + dois =