Os políticos, as suas responsabilidades ou a sua falta

Bolsonaro e Takashi Takai, mau exemplo de políticos

A notícia que dois advogados foram ao Supremo Tribunal Federal para denunciar o presidente da República Jair Bolsonaro por crime de responsabilidade, só reforça certas comparações e também as punições que devem ser aplicadas à aqueles políticos que não respeitam as leis.

No caso de Bolsonaro, um mandado de segurança foi ajuizado nesta segunda-feira (20/4) e distribuído ao decano, ministro Celso de Mello. Os advogados pedem ainda que seja determinado, conforme decidiu em liminar o ministro Luís Roberto Barroso, que o presidente se abstenha de promover ou participar de aglomeração pública.

Ainda no pedido, os advogados reforçam o interesse público em determinar que o presidente apresente seu prontuário médico e cópias dos exames de coronavírus.

Péssimos políticos tem em todo lugar! E do outro lado do mundo foi noticiado que um deputado japonês foi exonerado por desrespeitar o isolamento social.

Takashi Takai (50), foi expulso do partido após a informação de que ele não teria respeitado o isolamento social durante o decreto de emergência para ir a um prostíbulo.

Membro do Partido Democrático Constitucional do Japão (CDP), ele visitou uma casa de prostituição no distrito de Shinjuku, região conhecida pela sua agitação noturna, na noite do dia 9 de abril.

Dois dias antes, o primeiro-ministro japonês havia declarado estado de emergência em Tóquio e mais seis locais, devido ao surto do coronavírus. Em seu pronunciamento, o secretário-chefe do gabinete, Yoshida Suga, disse aos repórteres que “Os membros do Parlamento devem ser responsáveis ​​por suas ações e cumprir suas responsabilidades perante o povo. É lamentável. ”

Retornando ao caso Bolsonaro, veremos se o STF terá a coragem de cumprir a lei e levar adiante o pedido, em que os advogados ainda afirmam que “esse chefe de Estado e de Governo faz exatamente tudo em sentido contrário (as recomendações da OMS), colocando a vida da população em risco”.

 

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 + 13 =