Polícia Federal faz busca e apreensão na casa do governador do Rio de Janeiro

Policia Federal está nesse momento na casa do governador Wilson Witzel

witzel
Governador Wilson Witzel. Foto: Reprodução

Não tenho nenhuma simpatia pelo governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel, mas a notícia que a Polícia Federal neste momento está em sua casa, e que outros governadores também estão sendo investigados, acendeu uma luz de alerta.

Só para lembrar, na fatídica reunião em Brasília, a “sinistra (sic)” ou melhor ministra “da família e dos direitos humanos” Damares Alves disse que deveria prender governadores, e entre outros trechos da reunião ministerial, Bolsonaro dizia que ia intervir na PF, parece que está dando resultado.

A Polícia de Federal de Bolsonaro está neste momento no Palácio Laranjeiras, residência oficial do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel. Há equipes também em outros pontos da cidade.

De acordo com a Polícia Federal (PF), a Operação Placebo tem por objetivo apurar indícios de desvios de recursos destinados ao combate à pandemia do novo coronavírus (covid-19) no estado do Rio.

Estão sendo cumpridos 12 mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), nos estados de São Paulo e do Rio de Janeiro.

As investigações indicam a existência de um esquema de corrupção envolvendo uma organização social contratada para a instalação de hospitais de campanha e servidores da cúpula da gestão do sistema de saúde do estado do Rio.

Evidente que grande maioria das pessoas são contra a corrupção, principalmente onde criminosos aproveitam a oportunidade em meio de uma situação tão grave como a pandemia.  Mas, este tipo de operação ajuda muito a tirar o foco do combalido fascista que está na presidência e ao mesmo ataca um governador que tem pretensão de concorrer na eleição presidencial.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 + 14 =