Sara Winter faz ameaças e ofensas, só não irá presa se Moraes não quiser

“Vamos descobrir tudo até o senhor pedir para sair. O senhor tomou a pior decisão da vida do senhor”

Winter e Moraes

A militante de extrema-direita Sara Winter, uma as lideranças dos “300 do Brasil” – só não vai presa se o ministro Alexandre Moraes não quiser. Nesta quarta-feira, ela postou nas redes sociais um vídeo em que faz várias ameaças e ofensas ao ministro. A líder da “milícia armada”, conforme o Ministério Público, foi um dos alvos de uma operação da Polícia Federal que investiga a rede de fake news criada pelas milícias digitais bolsonaristas.

“Sou uma pessoa extremamente resiliente. Pena que ele mora e São Paulo. Se ele estivesse aqui, estaria convidando ele pra trocar soco comigo. Queria trocar soco com esse filho da puta, infelizmente não posso. Você me aguarde, Alexandre de Moraes. Você nunca mais vai ter paz, a gente infernizar sua vida, vamos descobrir os lugares que o senhor frequenta, a gente vai descobrir quem são as empregadas domésticas que trabalham para o senhor… Vamos descobrir tudo até o senhor pedir para sair. O senhor tomou a pior decisão da vida do senhor”, disse Winter.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 + dez =