Snowden se inscreve para dupla cidadania russa-americana

No mês passado, Snowden obteve uma autorização de residência russa em aberto

snowden
Edward Snowden © EPA-EFE / MIGUEL A. LOPES

O ex-denunciante da Agência de Segurança Nacional (NSA), Edward Snowden, se candidatou à dupla cidadania russa-americana, escreveu ele em sua conta no Twitter na segunda-feira.

“Depois de anos de separação de nossos pais, minha esposa e eu não temos nenhum desejo de nos separar de nosso filho. É por isso que, nesta era de pandemias e fronteiras fechadas, estamos solicitando a dupla cidadania russo-americana”, disse Snowden.

No final de outubro, Snowden obteve uma autorização de residência russa sem prazo.

Snowden, 37, será pai em breve. O bebê terá cidadania russa, disse seu advogado, Anatoly Kucherena, à TASS. Em outubro de 2014, a acrobata e blogueira americana Lindsay Mills deixou os Estados Unidos e foi para Moscou para se juntar ao delator fugitivo. Eles se casaram em 2017.

Em 2013, Snowden vazou informações sobre métodos de vigilância eletrônica usados ​​pelos serviços de inteligência dos Estados Unidos, incluindo a escuta ilegal de conversas de líderes estrangeiros. Fugindo das consequências punitivas das autoridades federais dos EUA, Snowden enviou pedidos de asilo a alguns países, incluindo a Rússia. Em 1º de agosto de 2014, ele obteve uma autorização de residência temporária na Rússia. Nos Estados Unidos, Snowden enfrenta duas acusações de violação da Lei de Espionagem e corre o risco de até dez anos de prisão em cada uma delas. As autoridades americanas disseram repetidamente que consideram Snowden um traidor e não têm intenção de absolvê-lo, porque ele causou sérios danos à segurança nacional dos EUA.

Fonte: Agência TASS

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove + dezesseis =