Com aumento das infecções por coronavírus, Japão finalmente expande os testes

Com 10.296 contaminados e 222 mortes o governo japonês muda sua estratégia para evitar o colapso no sistema de saúde

teste
Trabalhadores médicos passam por tendas montadas para testar o novo coronavírus no Hospital Geral de Kawakita, em Tóquio, na sexta-feira. | REUTERS

Alarmado com o aumento das mortes por coronavírus e o espectro do colapso de seu sistema médico, o governo Japonês está se esforçando para expandir os testes com instalações drive-thru e clínicos gerais para ajudar a coletar amostras.

Por semanas, o Japão limitou seus testes para o coronavírus, que surgiu na vizinha China no final do ano passado, apesar do alerta de muitos especialistas em saúde que consideram os testes vitais para detectar e isolar casos e retardar a disseminação.

O Japão realizou cerca de 52.000 testes de reação em cadeia da polimerase (PCR) em março, ou apenas 16% do número realizado na Coréia do Sul, segundo dados da Universidade de Oxford.

Especialistas dizem que a estratégia do Japão de manter baixo o número de testes de PCR dificultou o rastreamento da doença, que se espalhou em Tóquio e em outras grandes cidades e levou a uma onda de infecções hospitalares, prejudicando algumas instalações.

A decisão de expandir os testes ocorreu quando o primeiro-ministro Shinzo Abe, nesta semana, expandiu o estado de emergência, originalmente emitido para Tóquio e seis outras áreas, para todo o país, e alertou para o crescente sobrecarga das unidades de saúde.

Na entrevista coletiva do Gabinete do Primeiro Ministro, Abe voltou a enfatizar seu esforço para reduzir o contato humano entre 70% e 80%, dizendo que a medida é necessária para evitar sobrecarregar o sistema de saúde.

“A situação é muito terrível”, disse Abe. “Peço a todos novamente. Por favor, evite sair. Evite ter contato com as pessoas o máximo possível. Isso protegerá o sistema de assistência médica e, assim, salvará muitas vidas. … Vamos superar isso junto com todos vocês.

Fonte: Reuters

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 − 3 =