Espanha e Itália reabrem em etapas suas economias em meio ao coronavírus

Espanha e Itália, os países europeus mais afetados pelo novo coronavírus, reabriram suas economias em estágios a partir de segunda-feira

No primeiro dia após afrouxamento da quarentena, italianos aplaudem profissionais de saúde em Veneza. Reprodução

Os dois países enfatizaram a retomada da indústria antes do varejo. Nos EUA, alguns estados estão reabrindo restaurantes e outras empresas não essenciais primeiro, em contraste com as diretrizes federais para reabertura .

Na Itália, fábricas e canteiros de obras reabrirão nesta semana, enquanto museus e lojas reabrirão em 18 de maio, se as taxas de infecção permanecerem baixas, disse o primeiro-ministro Giuseppe Conte ao parlamento na quinta-feira.

Restaurantes e bares devem ficar fechados até junho, de acordo com o plano atual, enquanto as escolas reabrirão em setembro, informa a Bloomberg .

Na Espanha, a primeira fase do plano do país exige a abertura de pequenas empresas para atendimento e consultas. Restaurantes e cafés só podem oferecer entregas. A atividade turística é permitida “sem o uso de áreas comuns” e os atletas devem treinar sozinhos. Os shopping centers permanecerão fechados.

Recentemente, foi permitido às crianças brincar ao ar livre pela primeira vez em seis semanas, de acordo com a permissão de excursões de uma hora perto de casa. Fábricas e construção conseguiram retomar os negócios na semana passada.

Caso não houver de um pico de infecções, restaurantes, bares e hotéis, podem ser aberto no dia 18 de maio com capacidade de 30%, apenas em lugares ao ar livre, disse o primeiro-ministro Pedro Sánchez em comunicado à imprensa na terça-feira. Os locais de culto também reabririam com uma capacidade de 30%, e a agricultura e a pesca poderiam retomar os negócios.

Com melhoria do cenário na Espanha, a expectativa é que o país possa suspender todas as restrições até o final de junho, disse Sánchez, com cada fase durando no mínimo duas semanas.

Nos EUA, que registram o maior número de mortes por coronavírus no mundo, alguns estados já preparam para reabrir restaurantes, lojas, cinemas, praias, salões e spas em sua primeira fase.

As diretrizes da Casa Branca recomendam que os estados registrem uma trajetória descendente de casos de coronavírus dentro de um período de 14 dias antes de reabrir a economia.

O governo também recomenda que os cinemas e os restaurantes cumpram “protocolos físicos rígidos de distanciamento”, mas ficar a um metro e meio de distância não é realista em empresas como salões de beleza e lojas de tatuagem, algumas das quais foram reabertas na Geórgia na semana passada.

A Espanha registrou a maior quantidade dos casos de coronavírus fora dos EUA (mais de 248.000) e mais de 25.000 mortes, segundo o Johns Hopkins.

A Itália atualmente tem mais de 211.000 casos e mais de 29.000 mortes.

Os Estados Unidos têm mais de 1,2 milhão de casos e quase 70.000 mortes.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × cinco =