Grupo de extrema-direita faz manifestação em frente ao STF semelhante a atos neonazista nos EUA

Sara Winter e seus seguidores fizeram em Brasília marcha com tochas e máscaras brancas até o prédio do STF de forma semelhante a evento neonazista na cidade americana de Charlottesville

fotos

Um grupelho que se intitula “300 do Brasil” marcharam na noite de sábado aos gritos de “viemos cobrar, o STF não vai nos calar” até o prédio do Supremo Tribunal Federal.

Durante a manifestação, música de estilo rock foi usada enquanto os participantes carregavam tochas e usavam máscaras brancas.

Na frente do ato estava Sara Fernanda Giromini, mais conhecida como Sara Winter, uma ex-integrante do grupo feminista “Femen”, e é alvo de investigações de ameaças, ofensas e fake news contra integrantes do STF.

Veja vídeo:

Protesto semelhante a ato neonazista

Conforme publicou o portal Uol, o ato remete às manifestações conduzidas pelo movimento neonazista Unite the right em 2017 na cidade americana de Charlottesville.

O grupo, que defende a supremacia branca, adota comportamento semelhante ao Ku Klux Klan.

Related Posts
A coragem de Lula e o vira-latismo da mídia
fotos

A declaração do presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre a similaridade entre o extermínio do povo palestino que Israel [...]

Mourão e o golpismo fora de época
fotos

O senador Hamilton Mourão, acostumado com a linguagem da caserna, e ainda ambientado nos anos do golpe de 1964, viciado [...]

A Vale, o governo Lula, o brasileiro, a mídia e os poderes do estado
fotos

A trajetória para o 1º Mundo de uma nação já está delineada e comprovada: Ser protagonista na geração de produtos [...]

Caso First Mile derruba membro da atual diretoria da PF por suposta espionagem ilegal
fotos

O mais recente desdobramento da investigação sobre uma suposta espionagem ilegal de agentes da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) derrubou [...]

“Militares atuaram em 8 de janeiro por omissão e também por ação”, diz historiador
fotos

Francisco Teixeira, da UFRJ, revela que pesquisadores intercederam para governo não aprovar GLO após invasão em Brasília Por Texto: Natalia [...]

Um ano depois, entenda a narrativa da associação dos familiares dos presos no 8 de janeiro
fotos

Há um ano, em 8 de janeiro de 2023, pessoas contrárias à posse de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) [...]

Compartilhar:

Deixe um comentário

error: Content is protected !!