Nova York fechará novamente escolas públicas em meio a aumento de vírus

coronavírus
Prefeito de Nova York, Bill de Blasio, anunciou, ontem, o fechamento das escolas públicas devido ao aumento de testes positivos para Covid-19 Foto: AFP

O sistema de escolas públicas da cidade de Nova York será fechado para o ensino presencial a partir de quinta-feira, depois que as taxas de positividade para o coronavírus na cidade ultrapassaram 3%, de acordo com o prefeito Bill de Blasio .

A cidade está enfrentando uma segunda onda de coronavírus depois de ser o epicentro mundial da pandemia no início deste ano, anteriormente se orgulhava de ter mais alunos fisicamente nas salas de aula do que quase qualquer outra localidade do país, de acordo com o New York Times .

Ontem, o prefeito de Nova York anunciou que as escolas públicas da cidade, frequentadas por 1,1 milhão de crianças e jovens, voltarão a fechar as portas a partir de hoje devido ao avanço do novo coronavírus.

Apesar do fechamento, as refeições internas permanecem abertas com capacidade reduzida em todo o estado, de acordo com o Times .

Questionado em uma entrevista coletiva se o fechamento da escola foi um revés para o tratamento do vírus pelo estado, o governador de Nova York, Andrew Cuomo, disse: “Se você está no planeta, os casos estão aumentando”.

  • “No mundo inteiro está subindo. Certo? O mundo inteiro. Cada estado da nação está subindo. Certo? Então, o sucesso se torna o quê? Como você está se saindo em relação a todos os outros. É nisso que o sucesso se mostra.”
  • “E os nova-iorquinos estão se saindo melhor do que todo mundo.”

As hospitalizações em Nova York estão aumentando constantemente e os casos no estado tiveram um salto dramático neste mês – mas os números ainda estão bem abaixo dos níveis vistos nesta primavera, de acordo com o Projeto de Rastreamento COVID .

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − doze =