‘Rachadinha’ : Justiça quebra sigilos de Carlos Bolsonaro

Pedido de quebra de sigilos foi feita MP-RJ, por suspeita de repasse de salários de funcionários fantasmas ao gabinete de Carlos Bolsonaro

rachadinha
Suspeitas de prática da rachadinha pairam sobre gabinetes da família

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro determinou a quebra dos sigilos bancário e fiscal do vereador do Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro (Republicanos). A decisão decorre de investigação sobre contratação de funcionários “fantasmas” por seu gabinete. O pedido foi feito pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (Mp-RJ), ao apontar, na prática, indícios de crime de peculato. Pelo esquema, chamado de “rachadinha”, funcionários são contratados sem trabalhar e repassam parte do salário pago pela Câmara ao gabinete. Outras 26 pessoas e sete empresas também tiveram sigilos quebrados.

O MP suspeita de que o crime ocorra desde o primeiro mandato de Carlos Bolsonaro na Câmara do Rio, em 2001. Outras suspeitas no mesmo sentido já envolveram também o irmão Flávio Bolsonaro, quando o hoje senador (Republicanos) era deputado estadual pelo Rio (2003-2019), e o gabinete do pai, o presidente Jair Bolsonaro, quando este era deputado federal (1991-2019).

A prática da “rachadinha” é descrita como uma operação de transfe:>rência de recursos da conta do funcionário para o parlamentar ou pessoas próximas. O dinheiro seria sacado das contas dos fantasmas e entregue a pessoas de confianças dos gabinetes para, no final, ser usado para pagar despesas ou adquirir bens para o parlamentar. Um dos personagens que ficou famoso por supostamente operar esquema desse tipo é o amigo da família Fabrício Queiroz.

Fonte: RBA

Related Posts
Como Eduardo Bolsonaro e comitiva articulam com parlamentares dos EUA punições ao Brasil
fotos

Comitiva bolsonarista passa uma semana nos EUA e tenta convencer republicanos e lobistas de que Brasil viveria ditadura

Brasil não cumpre decisões da Corte Interamericana sobre polícia e Forças Armadas
fotos

Tribunal internacional condenou novamente o país por crimes cometidos por policiais militares

Denunciado por incitação, bolsonarista agora se diz apoiador de Boulos e do PT
fotos

“Segunda-feira eu tô lá em Brasília levando o capacete para o presidente [Lula]”, diz em um vídeo no Instagram um [...]

Teologia do domínio é mais perigosa para democracia que bolsonarismo, diz historiador
fotos

Em meio ao avanço de investigações da Polícia Federal sobre as suspeitas de um plano de golpe de Estado por [...]

PEC dos militares na política: Mourão junta oposição para frear mudanças em candidaturas
fotos

Até terça-feira (20), o Palácio do Planalto contava com a volta das sessões no Congresso para fazer avançar a despolitização [...]

A coragem de Lula e o vira-latismo da mídia
fotos

A declaração do presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre a similaridade entre o extermínio do povo palestino que Israel [...]

Compartilhar:

Deixe um comentário

error: Content is protected !!