Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
O PROTAGONISTA POLÍTICO

Rússia adverte EUA contra possível intervenção na Venezuela

Os Estados Unidos ameaçaram em várias ocasiões a possível intervenção militar em território venezuelano, intenções que foram rejeitadas pelos povos do mundo. 

Sergei Ryabkov x Donald Trump (Foto: Reprodução)

Sergey Ryabkov, vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia , alertou os Estados Unidos na quarta-feira sobre as possíveis tentações de realizar uma intervenção militar na Venezuela .

“Nós advertimos o exaltado em Washington contra esses tipos de tentações”,

disse Riabkov em uma entrevista coletiva na qual ele também apontou que Estados Unidos (EUA) encorajam uma estrutura violenta que coloca a América Latina em risco.

Além disso, o funcionário russo disse que os países vizinhos da Venezuela estão em clara rejeição de qualquer intervenção militar dos EUA, mesmo os mais críticos.

“Mesmo os governos latino-americanos com posições mais críticas em relação a Caracas excluem uma intervenção militar nos assuntos da Venezuela”, disse ele.

Desta forma, o governo russo está alertando para os rumores de um cenário militar e uma invasão de tropas dos EUA na nação bolivariana.

Tensão na fronteira do Brasil e Venezuela

Na quinta-feira (21), o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou que irá fechar a fronteira com o Brasil nesta noite a partir das 20h. O líder venezuelano também considera a possibilidade de fechar a fronteira com a Colômbia.

O governo brasileiro anunciou nesta semana uma força-tarefa para entregar ajuda humanitária à Venezuela junto com os Estados Unidos. Nicolás Maduro considera a entrega de ajuda humanitária internacional como uma intervenção na política interna do país.

Para bloquear a passagem do comboio da “ajuda humanitária”,  reforços de tropas militares, tanques e equipamentos pesados  foram enviados a fronteira com Brasil, aumentando a tensão na região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Follow

Get the latest posts delivered to your mailbox: