Emirados Árabes Unidos afirmam que a vacina chinesa contra o coronavírus é 86% eficaz após o teste

sinopharm
Ilustração: Sarah Grillo

Os Emirados Árabes Unidos disseram na quarta-feira que a vacina contra o coronavírus desenvolvida pela estatal chinesa Sinopharm parece ser segura e 86% eficaz, de acordo com uma análise provisória dos testes de Fase III da empresa.

É a primeira divulgação pública de informações sobre uma das principais vacinas contra COVID-19 desenvolvidas na China, que foi testada nos Emirados Árabes Unidos em um ensaio envolvendo 31.000 voluntários de 125 países que começou em setembro.

A declaração dos Emirados Árabes Unidos continha poucos detalhes, apenas observando que o anúncio é “um voto significativo de confiança das autoridades de saúde dos Emirados Árabes Unidos na segurança e eficácia desta vacina.”

A vacina já obteve uma autorização de uso de emergência nos Emirados Árabes Unidos, que tem registrado mais de 1.000 novos casos por dia desde o início de novembro. Mais de 500 mortes foram relatadas no total.

Há muito em jogo para a China, que investiu pesadamente em pesquisa e desenvolvimento científico nas últimas duas décadas e tem como objetivo se tornar uma potência científica no cenário global.

Das mais de 200 vacinas COVID-19 em desenvolvimento em todo o mundo, 20 envolvem equipes na China, de acordo com o Milken Institute .

Fonte: Axios

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − um =