Sobe para 33 o número de vítimas de uma série de explosões na Rússia

Krasnoyarsk, 12 de agosto. O número de vítimas de uma série de explosões em um campo de treinamento militar perto de Achinsk aumentou para 33 pessoas, informou o Ministério da Saúde do Território de Krasnoyarsk.

Em 5 de agosto, no território da unidade militar em Kamenka, o local de armazenamento de pólvora para munição de artilharia pegou fogo, e então começaram as explosões. Mais de 16 mil pessoas foram evacuadas de assentamentos próximos. Só no dia seguinte, o fogo foi eliminado.

Segundo o Ministério da Saúde, 15 pessoas ficaram feridas, e uma delas acabou morrendo no local.

Novas explosões no armazém aconteceram na noite de 9 de agosto. De acordo com o Ministério da Defesa, a detonação foi causada por um raio que atingiu o armazém de munição.

Outras 18 pessoas ficaram feridas, sete delas foram hospitalizadas.

“Não há crianças entre as vítimas”, disse a agência.

Além disso, mais de 800 moradores do distrito de Achinsky solicitaram assistência material para restaurar a propriedade danificada: o vidro foi quebrado em muitas casas, telhados e portas foram danificadas.

Fonte: Rossiya Sevodnia

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − doze =